Messi: “Será difícil alguém igualar nossa marca” Thiago Henrique de Morais - 20/12/2009 - 17:21

mdayan_meFalta pouco. Um dia para ser mais extato. Lionel Messi pode se tornar amanhã o primeiro argentino a levar o prêmio de Melhor Jogador do Mundo dado pela FIFA. Mas o craque do Barcelona não se preocupa com isso, pelo menos nestes instantes – apesar de já ter embarcado para Zurique, na Suíça, onde haverá cerimônia.

Neste momento, Messi quer mais é curtir outro título com o Barcelona, um time que ganhou tudo o que disputou no ano. Tríplice Coroa? Isso é fichinha perto dos seis títulos do clube em 2009. “Será difícil outra equipe repetir o que fizemos, com tantos títulos em um mesmo ano”, comentou o jogador em coletiva a imprensa após a partida de ontem.

A conquista de ontem foi a 12º de Lionel Messi em pouco mais de quatro anos, quando conquistou o Mundial Sub20, na Holanda. Depois disso foram dois campeonatos espanhóis, duas Champions League, duas supercopa espanholas, uma Copa do Rey, uma supercopa européia e o ouro olímpico. 2010 pode ser o seu primeiro título com a Seleção Principal. Tudo depende dele.

2009 pode terminar de forma perfeita, com o prêmio de melhor do mundo. O favoritismo está com ele desde a partida contra o Manchester United, pela Champions League, no meio do ano. Aumentou ainda mais quando levou o prêmio da revista France Football. A última vez que os técnicos e capitães das seleções filiadas a FIFA discordaram com os jornalistas foi em 2004, quando Andriy Shevchenko perdeu o prêmio para Ronaldinho Gaúcho.

Thiago Henrique de Morais

emailfacebooktwittergoogle plus

Fundador do site Futebol Portenho em 2009, se formou em jornalismo em 2007, mas trabalha na área desde 2004. Cobriu pelo Futebol Portenho as Eliminatórias 2010 e 2014, a Copa América 2011 e recentemente é o responsável pela cobertura da Copa do Mundo de 2014, seguindo a Seleção Argentina.


Tags:, , ,